Câncer de Próstata

Quais os sintomas?

Na fase inicial, o Câncer de Próstata pode não apresentar sintomas, porém na fase mais avançada, pode-se identificar alguns deles, como:

  • Redução do fluxo da urina.
  • Presença de sangue no sêmen
  • Dificuldade para urinar
  • Desconforto na região pélvica
  • Dor nos ossos.

Quando procurar um médico?

Ter os exames sempre em dia é muito importante, e um especialista pode indicar sempre a melhor forma de triagem da doença. Caso você apresente algum sinal ou sintoma que preocupe, procure-nos imediatamente.

Causas

Não existe uma causa específica para o Câncer de Próstata. Sabemos que se trata de uma anomalia celular, mas não se tem quais são as causas reais da doença.

Fatores de Risco

  • Idade: Quanto mais elevada, maior a possibilidade de desenvolver a doença
  • Raça: Por motivos desconhecidos, homens negros tem maior probabilidade de desenvolver o Câncer de Próstata, e de ter o mesmo em estado avançado ou agressivo
  • Histórico Familiar: Se a família possui casos de Câncer de Próstata em homens ou Câncer de mamas em mulheres, a probabilidade aumenta bastante
  • Obesidade: Homens obesos tem maior probabilidade de desenvolver câncer de próstata mais agressivo.

Prevenção

  • Ter uma dieta nutritiva com muitas frutas e legumes
  • Fazer exercícios físicos regularmente
  • Manter um peso saudável
  • Conversar com o médico sobre a possibilidade de medicamentos que possam diminuir a chance da doença em caso de pessoas com fatores de risco.

Tratamentos

  • Cirurgia laparoscópica ou robótica para remoção da Próstata: Através de pequenas incisões no abdômen, os instrumentos são conectados de um dispositivo mecânico, que é controlado pelo cirurgião através de um console, o que possibilita uma cirurgia mais precisa e segura.
  • Radioterapia: Utiliza radiação de alta potência energética para destruir as células cancerígenas. Pode ser feita através de radiação externa, ou com braquiterapia onde sementes radioativas são implantadas no tecido do órgão.
  • Terapia Hormonal: Funciona para impedir que o corpo produza Testosterona, que é o principal suprimento das células cancerígenas nessa região. Também pode impedir que a testosterona atinja as células cancerígenas, ou a terapia pode ser mais invasiva e ser feita através da remoção dos testículos.
  • Criocirurgia: Usada como uma opção para pacientes que não tiveram resultados com a Radioterapia, ela funciona congelando e descongelando as células cancerígenas, destruindo as mesmas.
  • Quimioterapia: Uma técnica usada para pacientes que não respondem bem à Terapia Hormonal, que consiste na administração de medicamentos através das veias, comprimidos ou ambos.
  • Imunoterapia: Esse tratamento utiliza algumas células imunológicas do próprio paciente para atingir e destruir as células cancerígenas.
X